Justiça obriga planos de saúde a reduzir mensalidades em Jundiaí

De acordo com decisão, empresas devem voltar a cobrar valores de 2012. Multa diária em caso de descumprimento da medida é de R$ 10 mil.

A Justiça de Jundiaí (SP) acatou denúncia do Ministério Público contra três empresas de planos de saúde que operam na cidade, o Grupo Sobam, a Unimed Jundiaí e a Intermédica, por causa de reajustes indevidos.

A decisão foi tomada pela Primeira Vara Cível da cidade, e custará multa diária de R$ 10 mil às empresas que não retomarem imediatamente os valores de mensalidades que eram cobrados em 2012.

Em nota, a Intermédica Jundiaí informa que “confirmamos o recebimento no último dia 4 de setembro de notificação da Justiça sobre o referido assunto, que ainda está sendo analisado por nosso departamento jurídico. Antecipamos que, independente disso, toda e qualquer decisão determinada pela Justiça é tradicionalmente respeitada pela Intermédica”.

O Grupo Sobam e a Unimed Jundiaí não responderam aos pedidos de entrevista feitos pela equipe de reportagem do TEM Notícias.

 

Para ler a notícia no site do G1, clique aqui.

© Copyright 2014 :: www.arealpires.com.br

NiteróiWebSites Soluções em criação de sites