Justiça determina que planos de saúde autorizem internações em 24h

Rio – A 4ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio determinou que os planos de saúde Unimed Rio, Intermédica, Assim, Amil, Amico, Dix e Golden Cross,em casos de urgência e emergência,autorizem, independentemente de perícia ou análise de junta médica, num prazo de 24 horas após a assinatura do contrato, todos os tratamentos, exames, internações e possíveis intervenções cirúrgicas e liberação dos materiais solicitados, sem limitarem-se às primeiras 12 horas e ao ambiente ambulatorial, sob pena de multa no valor de R$ 5 mil.

O pedido feito pelo Núcleo de Defesa do Consumidor, em ação civil pública, tem como objetivo resguardar o direito e interesses dos usuários dos planos. De acordo com a parte autora, os réus vêm violando sistematicamente os direitos dos consumidores, o que pode ser verificado com a grande quantidade de reclamações de negativa de autorização para procedimentos emergenciais recebidas diariamente.

As autorizações devem ser dadas mediante apresentação de declaração, atestado ou laudo, emitido por médico assistente.

Fonte: Odia.com.br

 

© Copyright 2014 :: www.arealpires.com.br

NiteróiWebSites Soluções em criação de sites