Justiça anula aumento nos planos de saúde dos funcionários da Embraer

Acatando o pedido do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, o juiz Roberto dos Santos Soares anulou, nesta terça-feira (6), o aumento de 100% no plano de saúde dos funcionários da Embraer.

Com a mudança, anunciada pela empresa na semana passada, os colaboradores teriam descontados da folha de pagamento metade das consultas e exames médicos.

Segundo Herbert Claros da Silva, vice-presidente do sindicato e empregado da Embraer, o aumento no plano não foi discutido com os trabalhadores. “Entramos com a liminar após a empresa impor a proposta do aumento. Tentamos discutir, mas comentaram que não iam dialogar”.

Com a decisão da 2ª Vara do Trabalho de São José dos Campos, o Tribunal Regional do Trabalho de Campinas deve divulgar, nesta quarta-feira (7), a data para conciliação entre a companhia e o sindicato joseense.

“Nos deram aumento de 8% nos salários, mas querem aumentar de 10% para 20% o custo dos convênios. Querem repassar um aumento de 100%. É injusto”, completa Silva.

Outro lado

Ao Meon, a Embraer informa, por meio de sua assessoria de imprensa, que não foi notificada sobre o teor da decisão até o presente momento. Sobre as adaptações ocorridas no Benefício Saúde concedido a seus empregados, a Embraer esclarece que ajustou seu modelo ao que já é amplamente praticado pelo mercado. Antes de efetivar a mudança, a empresa realizou uma pesquisa com 24 outras empresas de grande porte para buscar referências sobre as regras praticadas em relação a planos de saúde.

No caso do plano de assistência médica, houve uma mudança no percentual de contribuição nos planos Especial e Executivo da SulAmérica e plano apartamento da Unimed, mesmo assim a Empresa continua pagando entre 70% a 80% das despesas nestes planos para os seus empregados e dependentes diretos. Como opção, a Embraer continua oferecendo ao empregado o plano da Unimed padrão enfermaria 100% gratuito.

A Embraer esclarece ainda que segue oferecendo a todos os seus empregados e seus dependentes diretos um amplo pacote de benefícios, seguindo, e em muitos casos superando, as melhores práticas de mercado. Outros benefícios oferecidos são: assistência odontológica, alimentação, benefício farmácia, transporte, auxílio-creche, licença-maternidade de 180 dias, auxílio a pais de filhos com deficiência, seguro de vida e previdência complementar, entre outros.

Para ler essa matéria no site meon.com.br, clique aqui

© Copyright 2014 :: www.arealpires.com.br

NiteróiWebSites Soluções em criação de sites