ANS recebe mais de 1,1 mil reclamações contra Unimed-RJ

A Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS) já recebeu 1.167 reclamações contra a Golden Cross e a Unimed-Rio e emitiu 419 notificações as duas empresas, que poderão ser vertidas em multas. Nos próximos dias, será aberto inquérito pelo Ministério Público Federal no Rio para apurar possíveis lesões a consumidores de planos individuais e familiares da Golden incorporados pela Unimed-Rio, que, no dia 01, assumiu sua carteira de 190 mil usuários (entre planos de saúde e odontológicos).

São segurados de todo o País, mas principalmente do Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco e Brasília. O perfil no Facebook criado para denúncias contra os planos já tem 315 membros. As reclamações vão da não-entrega da carteirinha do novo plano e do guia com a rede credenciada e respostas vagas a indagações por e-mail até recusas de atendimento e de exame mesmo em casos graves.

Há queixas também sobre o “rebaixamento” do plano, a despeito do valor pago – apesar de, oficialmente, a Unimed-Rio informar que “internações, consultas e procedimentos pré-agendados serão respeitadas”.

“Minha mãe ficou sem cardiologista, oftalmologista e endocrinologista, que não aceitam Unimed Rio. Mas apareceram situações mais preocupantes, como o de uma moça que está com a mãe, conveniada há mais de 15 anos com a Golden, com câncer, precisando fazer ressonância e sem conseguir. No telefone, a gente fica na espera por horas. E-mail, não respondem direito”, disse Rúbia Nazareth, assistente de pesquisa que criou o perfil.

A Unimed-Rio pode ser multada em até R$ 100 mil pela ANS por cada atendimento, consulta ou exame negado. A empresa informou que o processo de emissão e entrega de carteiras de identificação vem ocorrendo desde setembro, e que apenas em “poucas regiões” a remessa está sendo prejudicada pela greve dos funcionários dos correios. Ressalvou que a falta da carteira não impede o atendimento e que ele pode ser feito inclusive com a da Golden.

“A orientação da Unimed-Rio junto à rede nacional Unimed, bem como da Golden Cross junto à sua rede prestadora, é para que todos os direitos dos clientes sejam absolutamente preservados. Para facilitar a transição, o atendimento da rede Golden foi prorrogado até o dia 31 deste mês”, informou a Unimed.

Nesta terça-feira a ANS vai fiscalizar o serviço de atendimento das empresas aos usuários. Elas têm cinco dias úteis para dar esclarecimentos sobre as 419 notificações. Caso os esclarecimentos não sejam satisfatórios, as empresas poderão ser multadas pela agência.

 

Para ler a notícia no site A Cidade, clique aqui.

© Copyright 2014 :: www.arealpires.com.br

NiteróiWebSites Soluções em criação de sites